Início
/
Institucional
Institucional

MISSÃO, VISÃO, VALORES E OBJETIVOS

MISSÃO

A ULSG tem como missão a prestação integrada de cuidados de saúde primários, hospitalares, paliativos e de convalescença à população da sua área de influência, com mobilização ativa da comunidade envolvente, tendo em vista o incremento dos níveis de saúde e bem-estar.

A ULSG assegura ainda as atividades de serviços operativos de saúde pública e os meios necessários ao exercício das competências da autoridade de saúde na área geográfica por ela abrangida, bem como atividades de investigação, formação e ensino.


VISÃO

A ULSG pretende ser reconhecida por utentes, colaboradores e demais entidades como uma organização que assegura uma resposta de elevada qualidade às necessidades de saúde dos seus utentes ao longo do ciclo vital, pautando-se por rigorosos princípios de eficiência e responsabilidade na vertente económica, financeira, social e ambiental.


VALORES

Humanismo - Ter uma orientação clara para o utente e para o seu bem-estar, respondendo às suas necessidades de acordo com as melhores práticas disponíveis e no respeito incondicional pela sua dignidade intrínseca.

Equidade – Promover a igualdade no acesso aos cuidados de saúde, em função do nível de prioridade clínica e a isenção no tratamento de todos os colaboradores.

Cooperação - Cultivar a multidisciplinaridade e a cooperação no relacionamento inter-pessoal e na prossecução dos objectivos da instituição.

Ética e Deontologia Profissional - Pautar a prática clínica e a tomada das decisões individuais e institucionais pelos mais elevados padrões de conduta.

Rigor - Atuar com competência e determinação, tomando decisões com conhecimento e coerência, de forma a assegurar o melhor nível de serviço.

Inovação - Atuar com capacidade de iniciativa e criatividade, concretizando novas soluções de forma a assegurar a melhoria contínua dos resultados e níveis de serviço.


OBJETIVOS ESTRATÉGICOS

1 - Reorganização hospitalar, centrada no interesse do doente, integrando princípios de boa governação clínica e empresarial

2 - Articulação e integração vertical de cuidados

3 - Adequação da oferta e reorientação da procura

4 - Promover a melhoria contínua da qualidade

5 - Empreender políticas de recursos humanos que promovam a vinculação e o compromisso com a instituição

6 - Aumentar receitas extra contrato programa

7 - Racionalização de custos


LEGISLAÇÃO

Unidade Local de Saúde da Guarda
Sede e elementos mencionados no Art. 171º do Código das Sociedades Comerciais Firma: Unidade Local de Saúde da Guarda, E.P.E. Tipo: E.P.E. (Entidade Publica Empresarial) Matriculada na Conservatória do registo comercial (CRC) da Guarda Número de matricula na CRC: 508752000 Identificação de pessoa colectiva: 508752000 Relatório de Gestão Dívidas Certas, Líquidas e Exigíveis há mais de 30 dias Relatório de Sustentabilidade Contrato-Programa Contrato de Gestão Plano Estratégico Regulamento Interno Regulamento De Comunicação de Irregularidades Regulamento de Registo e Controlo Biométrico Código de Ética

O Código de Ética da ULS da Guarda é baseado fundamentalmente na exigência ética da sua atividade, consagrada à prestação de cuidados de saúde com a máxima qualidade e eficiência, de um modo humanizado.

Envolve pois, como um dever de missão, toda a atividade profissional que nesta Unidade de Saúde se exerce respeitante, direta ou indiretamente, à assistência e tratamento dos utentes de toda a ULS da Guarda, dentro da vasta conjuntura em que está organizada e que envolve vários tipos de profissionais de saúde como administradores hospitalares, médicos, enfermeiros, psicólogos, técnicos, assim como profissionais administrativos, e vários tipos de executantes auxiliares — todos trabalhadores, permanentes ou eventuais, independentemente do seu vínculo.

Este Código de Ética diz pois respeito a todos os que, no âmbito da ULS da Guarda exercem a sua atividade profissional, o que necessariamente tem que ver com os utentes, e para benefício da sua saúde.

Plano de Atividades Plano de Prevenção de Riscos de Corrupção e Infracções Conexas Guia de Combate ao Desperdício Esforço Financeiro Público Relatório de Acesso a Cuidados de Saúde Plano Local de Saúde Relatório do Governo Societário Relatório Analítico da Atividade Assistencial de Desempenho Económico-Financeiro

Conselho Fiscal

Presidente: Dr.ª Maria de Fátima Pereira Ruivo Duarte Coelho

Vogal: Dr. Dário Alexandre André Falcão

Vogal: Dr.ª Luísa Maria Teixeira Pisco

Vogal Suplente: Dr. Eduardo José Santos Clemente

 

Fiscal Único
Cargo Identificação SROC/ROC
Fiscal Único Efetivo Álvaro, Falcão & Associados SROC, Lda. SROC n.º62
Dr. Guy Alberto Fernandes de Poças Falcão ROC n.148
Fiscal Único Suplente Sérgio Paulo Esteves de Poças Falcão ROC n.º751

Conselho Consultivo
Carlos Figueiredo Doutor Carlos Filipe Camelo Miranda de Figueiredo Presidente do Conselho Consultivo

O Conselho Consultivo da ULS da Guarda tem a seguinte composição:

  • Personalidade de reconhecido mérito nomeada pelo Ministro da Saúde, que preside: Dr. António Pais Agostinho Homem;
  • Um representante das associações de municípios que integrem a correspondente unidade territorial: Dr. Carlos Filipe Camelo;
  • Um representante dos utentes, designado pela respetiva associação ou por equivalente estrutura de representação: Dr. Santinho Pacheco;
  • Dois representantes dos prestadores de trabalho voluntário na ULS: Dr. Cândido Andrade (HSM Guarda) e Dr.ª Angelina Fonseca (HNSA Seia);
  • Profissionais de saúde, sem vínculo à ULS, designados pelo Conselho de Administração: Dr. Álvaro Carvalho (médico); Dr. Reis Pereira (médico);
  • Um representante das Escolas ou Agrupamento de escolas, designado pelo Diretor regional de Educação: Dr.ª Amélia Fernandes;
  • Um representante das Comissões de Proteção de Crianças e Jovens (CPCJ): Dr.ª Ana Isabel Batista;
  • Um representante do Delegado de Saúde Regional: Dr. João Pedro Pimentel;
  • Um representante da Administração Regional de Saúde respetiva;
  • Conselho de Administração da ULS da Guarda;
  • Fiscal Único da ULS da Guarda.

Competências do Conselho Consultivo

  • Apreciar os planos de atividade de natureza anual e plurianual;
  • Apreciar o relatório e contas da ULS;
  • Apreciar todas as informações que tiver por necessárias para o acompanhamento da atividade da ULS;
  • Emitir recomendações tendo em vista o melhor funcionamento dos serviços a prestar às populações, tendo em conta os recursos disponíveis.

Qualidade

Em matéria de controlo, garantia e melhoria da qualidade, a Unidade Local de Saúde da Guarda, aplica os critérios presentes nos modelos de certificação/acreditação de referência.

Avaliação de Satisfação dos Utentes

Ficha de Projeto ULS GUARDA-DIGITAL
Designação do projeto | ULS GUARDA-DIGITAL Código | 39377 Objetivo Principal | Reforçar a capacidade institucional e uma administração pública eficiente Região de Intervenção | Centro Entidade Beneficiária | Unidade Local de Saúde da Guarda Data de aprovação | 19/01/2016 Data de início | 21/03/2016 Data de conclusão | 20/03/2019 Custo total elegível | 1.205.478,75€ Apoio financeiro da União Europeia | FSE - 1.024.656,94€ Apoio financeiro público nacional | 180.821,81€ Objetivos, Atividades e Resultados Esperados O impacto deste projeto é muito significativo, representando uma alteração de paradigmas, com um incremento significativo de qualidade, eficiência e eficácia, quer internamente, quer externamente, no que respeita à prestação de serviços e comunicação com o cidadão e outros organismos da Administração Pública. Na era da globalização em que vivemos é cada vez mais importante a fluidez e qualidade da comunicação, sendo que o alto desempenho e facilidade de acesso à informação podem ditar o sucesso de uma organização na sua proximidade com clientes e parceiros.

Ficha de Projeto SAÚDE SEGURA
Designação | SAÚDE SEGURA Código | 35513 Objetivo Principal | Melhorar o acesso às tecnologias da informação e da comunicação, bem como a sua utilização e qualidade Região de Intervenção | Centro Entidade Beneficiária | ULS Guarda Data de aprovação | 07/02/2018 Data de início | 04/12/2017 Custo total elegível | 758.100,02€ Apoio financeiro da União Europeia | FEDER - 644.385,02€ Apoio financeiro público nacional | 113.715,10€ Objetivos, Atividades e Resultados Esperados Esta candidatura surge no sentido da melhoria da prestação de cuidados de saúde, num modelo que coloca o utente no centro de todos os processos. A ULSG definiu um conjunto de Atividades que, no seu todo, impactam fortemente nos processos da instituição, conduzindo à desmaterialização, simplificação e modernização. A integração e interoperabilidade de dados são o mote desta candidatura, permitindo centralizar toda a informação dos hospitais e centros de saúde que compõem a ULSG, através do trabalho em rede.